top of page

MEIOS

GRUPO DE PESQUISA

Comunicação, Relações raciais e Gênero

IMG_0401.JPG

QUEM SOMOS

Desenvolvemos atividades de pesquisa, ensino e extensão articulando o debate e intervenção social em torno dos temas comunicação, gênero e relações étnico-raciais.


Desde 2020, nossas investigações têm sido voltadas para entender como os marcadores raça, gênero e território se interseccionam e impactam no acesso/apropriação das tecnologias da informação e comunicação (TIC) por mulheres rurais e negras (quilombolas,  assentadas e de favelas). No campo da extensão, temos organizado oficinas de literacia digital (fotografia, Canva e redes sociais) para comunidades quilombolas e assentamentos da reforma agrária.

 

O grupo é formado por aluno/as de graduação, pós-graduando/as e professores/pesquisadores. Estamos vinculados à linha de pesquisa Cultura, Políticas Públicas e Comunicação do Programa de Pós - Graduação em Extensão Rural (PPGER) da Universidade Federal de Viçosa (UFV).

NOSSOS MEIOS

Redes

E-mail

  • Facebook
  • LinkedIn
  • Instagram

E-Book:

“Mulheres rurais e acesso às TIC: desigualdades

no direito à comunicação e à saúde”

WhatsApp Image 2023-09-25 at 21.37.41.jpeg

O e-book “Mulheres rurais e acesso às TIC: desigualdades no direito à comunicação e à saúde” estabelece diálogo entre comunicação, interseccionalidade e extensão rural, ao trazer resultados de pesquisa realizada durante a pandemia de Covid-19 com 50 mulheres rurais da Zona da Mata Mineira. 

A obra foi construção coletiva do grupo Grupo Meios - Comunicação, Relações Raciais e Gênero, coordenado pela professora Ivonete da Silva Lopes, do Departamento de Economia Rural da Universidade Federal de Viçosa (DER/UFV), e é resultado do projeto “Mulheres rurais e recursos infocomunicacionais: da desigualdade de acesso às estratégias de busca de conhecimento sobre saúde”, que teve apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Além da professora coordenadora, as pesquisadoras Daniela de Ullyséa Leal e Jéssica Suzana Magalhães Cardoso são responsáveis pela organização. 

bottom of page